beleza   / Cuidados com o corpo

Beleza de dentro para fora! Nutracêuticos são responsáveis por potencializar os tratamentos estéticos e de skincare; conheça o conceito

"São substâncias que, por possuírem efeitos antioxidantes, reduzem a formação de radicais livres no organismo", explica dermatologista Priscila Camara de Camargo

MANEQUIM Publicado terça 20 outubro, 2020

Beleza de dentro para fora! Nutracêuticos são responsáveis por potencializar os tratamentos estéticos e de skincare - Foto de Andrea Piacquadio no Pexels

Provavelmente, enquanto você lê essa matéria, a indústria dermatológica já terá lançado mais um produto que promete ser um hit das paradas no quesito longevidade e bem-estar. De uns tempos para cá, a população ficou mais atenta com a própria saúde e, depois de colocar as taxas em dia, a preocupação passou a ser a aparência.

Com essa evolução, surgiu o conceito de nutracêuticos, que nada mais é do que a união entre nutrientes e farmacêuticos, são substâncias presentes nos alimentos que, quando ingeridas em doses mais concentradas, têm ação de medicamentos.

+ VEJA: Cabelos quebrados nunca mais! Saber como pentear os fios faz toda a diferença; Veja mais dicas

“Os nutracêuticos possuem várias indicações na dermatologia, pois trazem diversos benefícios para a pele. São substâncias que, por possuírem efeitos antioxidantes, reduzem a formação de radicais livres no organismo, prevenindo os processos de envelhecimento e dano solar na pele. Existem também nutracêuticos que contribuem para a produção de colágeno, com efeito fotoprotetor, redutores da hiperpigmentação, atuando nos tratamentos que melhoram a hidratação e qualidade da pele”, explica a dermatologista Priscila Camara de Camargo, da Clínica Camargo.

Já conceito de nutricosméticos é a beleza de dentro para fora. De acordo com a médica, são produtos para administração oral, formulados e comercializados especificamente para propósitos de beleza, podendo ser apresentados na forma de cápsulas, gomas e pastilhas. 

“Atualmente, representam a última tendência do mercado no campo de cuidados da pele e isso pode ser explicado pela associação que as consumidoras têm feito entre pele saudável e saúde em geral”, conta.

Outros exemplos de nutricosméticos e nutracêuticos são os estimuladores da produção de colágeno e elastina, que servem para flacidez tissular; cápsulas que induzem a drenagem linfática e reduzem a celulite.

+ VEJA: Ácido Tranexâmico: Conheça o novo queridinho da skincare

“Os resultados surgem a partir de dois meses. Assim como os cremes, as pílulas mostram seus efeitos a médio e longo prazo. Entretanto, bem antes disso, na terceira semana, há quem já sinta melhora. Mas é importante lembrar que esses ativos não fazem milagre, mas funcionam muito bem como uma ajuda extra. O uso dos nutracêuticos e nutricosméticos devem ser feitos a longo prazo, já que cada ativo tem uma característica diferente para melhorar a qualidade da pele como um todo”, ressalta, a médica.

A dermatologista ainda destaca que as pílulas geralmente não têm restrição e as contraindicações são muito poucas, mas lembra que elas não substituem tratamentos estéticos como botox, preenchedores e outros bioestimuladores que também têm função de dar jovialidade à aparência.

“Associar as técnicas é uma saída para que o resultado seja o melhor possível. Existem formas muito modernas de tratar a flacidez, inclusive na Clínica Camargo temos protocolos exclusivos contra flacidez , celulite, manchas e de poros dilatados, que podem ter parte do tratamento oral, além do consultório”, destaca Priscila.

A especialista finaliza ressaltando que os nutracêuticos e nutricosméticos devem ser prescritos pelo seu dermatologista, pois em caso de alergia a algum componente da fórmula ou problemas renais ou hepáticos, podem ocorrer complicações.

Último acesso: 27 Jan 2022 - 17:08:51 (1043429).