beleza   / Toxicidade no mundo esportivo

Daiane dos Santos fala sobre as críticas que recebe em relação ao corpo: ''é difícil''

Ex-ginasta fala sobre a pressão estética que atletas aposentadas sofrem

MANEQUIM Publicado quinta 29 julho, 2021

Ex-ginasta fala sobre a pressão estética que atletas aposentadas sofrem
Daiane dos Santos fala sobre pressão estética após aposentadoria - Reprodução / Instagram / @daiane_gs_

Daiane dos Santos: praticamente todos os brasileiros conhecem esse nome e atrelam rapidamente à grandiosidade: a primeira a conquistar uma medalha de ouro em um Campeonato Mundial de Ginástica Artística, dona de nove medalhas de ouro em campeonatos mundiais e desenvolvedora de dois movimentos inéditos nos Jogos Olímpicos - o duplo twist carpado e sua variação esticada .

+++ Rainha da organização: Grazi Massafera compartilha detalhes do closet e armários super organizados

+++ ''Uma história contada num vestido'': saiba mais detalhes da peça de alta-costura usada por Jéssica Mueller na final de 'No Limite'

Porém, apesar de sua grandiosidade e o orgulho que trouxe em representar o seu país, algumas pessoas parecem estar mais preocupadas com a mudança no corpo de Daiane após sua aposentadoria. Em conversa no programa ''Encontro com Fátima Bernardes'', a ex-atleta fala sobre a pressão estética que sofre desde sua despedida do esporte. 

 

"No caso da ginástica, eu precisava ter um cuidado, uma dieta muito diferente da vida de uma pessoa normal, até mesmo pela quantidade de horas de treinamento, de 8h a 9h por dia, então tudo isso colaborava para eu ter um formato de corpo, que era ideal para o esporte naquela época”, explica a ex-ginasta, que compreende que hoje sua rotina não é a mesma, logo, o corpo não é o mesmo - o que é mais do que natural. 

Ainda assim, as pessoas parecem não entender isso: "Com a idade que eu tenho, tenho o corpo de uma pessoa normal e realmente, as pessoas fazem esses comparativos, de 'por que você engorda?', 'por que quando era atleta tinha um corpo e hoje tem outro corpo?”. E com a chegada da internet, as coisas ficaram ainda mais complicadas, como explica: "a rede social tem colaborado para essa pressão, principalmente em cima das mulheres, que é diferente para os homens. Quanto à questão estética da mulher, ter que ser perfeita. Tem que estar maquiada, magra, tem que ser forte, tem que estar magra e sem celulite, sem estrias". 

 

 

Justamente por essa enorme pressão estética, que Daiane fala sobre a importância da preparação das atletas para essa transição: a mudança do corpo, a idade e a despedida do esporte e dos treinos. “É difícil e eu acho que a gente tem que estar com a cabeça muito boa para conseguir enfrentar".

Mas, é como ela disse: "todas as pessoas são bonitas", e a auto-aceitação as torna mais belas ainda - assim como Daiane dos Santos!

Último acesso: 20 Sep 2021 - 11:54:50 (1044854).