beleza   / Cuidados com os cabelos

Diga adeus ao frizz nesse inverno! Confira 6 dicas para driblar os fios rebeldes, mesmo nos dias mais frios

Colunistas na revista Manequim separaram informações valiosas sobre como cuidar das madeixas nas estações mais frias do ano

MONIQUE GARCIA para REVISTA MANEQUIM nº 720 Publicado segunda 7 junho, 2021

Colunistas na revista Manequim separaram informações valiosas sobre como cuidar das madeixas nas estações mais frias do ano
Diga adeus ao frizz nesse inverno! Confira 6 dicas para driblar os fios rebeldes, mesmo nos dias mais frios - Foto: Danilo Borges/Escala Imagens e Divulgação

Os fios eriçados podem ser domados se você conhecer as causas e souber tratar da maneira certa. A seguir, contamos quais são os principais vilões do problema e as soluções para cada um deles criando uma espécie de película que impede a água de penetrar nas madeixas.

SECADOR

O calor emitido por ele resseca a fibra capilar, removendo sua umidade. O processo de secagem também aumenta a eletricidade estática do cabelo, provocando o efeito arrepiado, que aparece quando há desidratação dos fios.

Solução: depois do banho, amasse levemente as madeixas na toalha, sem esfregar. Escolha um secador que emita íons negativos e espalhe um protetor térmico antes de ligar o aparelho.

ATRITO COM O TRAVESSEIRO

É absolutamente normal que, enquanto você dorme, se remexa na cama diversas vezes. Esse hábito, somado ao uso excessivo de agasalhos e cobertores no inverno, pode fazer uma verdadeira bagunça na juba.

Solução: troque a fronha de algodão por uma de cetim ou seda e durma com um lenço na cabeça a fim de diminuir o atrito.

DIA CHUVOSO

A umidade é mais uma das causas das madeixas em pé. Existem ligações moleculares no cabelo que são responsáveis por dar forma a ele. Durante a chuva, as ligações mais fracas são rompidas, o que aumenta a eletricidade estática, fazendo com que alguns fios fiquem eriçados.

Solução: invista em produtos que atuem diretamente contra a umidade criando uma espécie de película que impede a água de penetrar nas madeixas.

PENTES DE MATERIAL IMPRÓPRIO

Modelos feitos de metal ou plástico não têm característica antiestática, portanto, podem fazer os fios eriçarem. Pentear com muita força também danifica a fibra capilar, provocando a aparição dos arrepiados.

Solução: opte por pentes de madeira, com dentes largos, o material neutraliza a eletricidade estática. Comece desembaraçando as pontas e só depois vá em direção à raiz. Finalize com reparadores de pontas para assentar os fios mais teimosos.

TINTURAS

Isso acontece porque um dos danos causados pela coloração é o ressecamento. Por conta disso, o cabelo com tintura absorve mais umidade e, consequentemente, tende a arrepiar mais.

Solução: o segredo é utilizar linhas de tratamento específicas para fios coloridos. O leave-in é indispensável porque cria uma película que blinda os cabelos.

A EXPOSIÇÃO AO VENTO E AO AR-CONDICIONADO

Ambos são responsáveis por ressecar bastante o cabelo, deixando-o com as cutículas abertas, mais propensas à quebra e ao frizz.

Solução: o melhor a se fazer é manter o cabelo bem condicionado com hidratações caseiras e no salão, use bons finalizadores com o intuito de protegê-lo contra danos externos e carregue na bolsa um sérum para eventuais surpresas climáticas.

Último acesso: 16 Jun 2021 - 17:54:51 (1044492).