beleza   / Cuidado diário

Guia completo para o tratamento de rugas: o que são, as causas, onde se formam e como tratar

Mergulhamos profundamente nas causas das rugas para oferecer um guia completo de tratamento rejuvenescedor

MANEQUIM Publicado sexta 26 março, 2021

Mergulhamos profundamente nas causas das rugas para oferecer um guia completo de tratamento rejuvenescedor
GUIA COMPLETO PARA O TRATAMENTO DE RUGAS - FREEPIK

Quando falamos em envelhecimento da pele, a primeira palavra que surge é a ruga. Preocupação constante no que diz respeito à estética, as rugas são as linhas e vincos que se formam na pele devido a vários fatores, sendo a idade (e os anos de exposição ao sol que a acompanha) o mais óbvio.

“Conforme você envelhece, sua pele se torna menos elástica e mais frágil. A diminuição da produção de óleos naturais resseca a pele e faz com que pareça mais enrugada. A gordura no rosto também começa a diminuir, causando pele flácida e linhas mais visíveis”, a Dra. Roberta Padovan, médica pós-graduada em Dermatologia e Medicina Estética.

“Além disso, as rugas são agrupadas em duas categorias diferentes: dinâmicas e estáticas. Rugas dinâmicas aparecem quando você faz movimentos faciais repetitivos, como sorrir ou apertar os olhos. Geralmente, eles desaparecem logo após as mudanças na expressão facial. As rugas dinâmicas são semelhantes a uma folha de papel. Se eu continuar dobrando o papel indefinidamente, a dobra ficará cada vez mais profunda e o vinco se desenvolverá. No caso das rugas estáticas, por outro lado, elas permanecem em seu rosto o tempo todo, independentemente dos movimentos musculares. Eles se desenvolvem e pioram devido a fatores externos”, acrescenta a especialista.

Conforme você envelhece, as rugas dinâmicas se transformam em rugas estáticas, deixando você com linhas de expressão duradouras.

*O que causa rugas?

Muita exposição ao sol, anos fumando e o próprio envelhecimento natural são os motivos mais comuns para rugas. “Esses fatores contribuem para a diminuição da espessura da epiderme, perda de elasticidade e fragilidade da pele, que causam rugas na pele”, diz a Dra. Roberta Padovan. “Mas há outros fatores envolvidos. Você pode não controlar a passagem do tempo, mas tem total controle sobre sua exposição aos raios UV e maus hábitos, que incluem o cigarro, a bebida e também a alimentação rica em açúcar”, diz a médica. Sem protetor solar, a exposição à luz ultravioleta do sol quebra o tecido conjuntivo (fibras de colágeno e elastina) que se encontram nas camadas mais profundas da pele. Essa ruptura faz com que a pele ceda e enrugue prematuramente. Além disso, estudos descobriram que o risco de rugas moderadas a graves em fumantes ao longo da vida era mais de duas vezes maior do que em fumantes que haviam fumado por menos tempo. “No caso do açúcar, quando consumido em excesso, ele gera Agentes Avançados de Glicação, que degradam colágeno”, explica a Dra. Roberta.

*Onde as rugas normalmente se formam?

Embora as rugas possam aparecer em qualquer parte do corpo, as áreas mais comuns são no rosto, onde você tem 42 músculos individuais e – não esqueçamos – pode facilmente ser vítima da exposição ao sol. Abaixo, as principais áreas de formação das rugas:

Pés de galinha – Um estudo descobriu que 84% das mulheres percebem pés de galinha ao redor dos olhos como os primeiros sinais de envelhecimento. “O motivo é que a pele ao redor dos olhos é a mais fina do corpo. Para começar, não há tanto colágeno e elastina na área, então, quando você começa a sofrer os danos do sol, é um dos primeiros lugares do rosto a enrugar”, diz a médica. Além disso, pés de galinha são as linhas de expressão associadas à alegria, enquanto outras linhas, como aquelas entre as sobrancelhas, estão associadas à preocupação.

Linhas Glabelares – As rugas “11” são as duas linhas verticais que se formam entre as sobrancelhas. "Elas se parecem exatamente com o número e geralmente são causados por franzir as sobrancelhas repetidamente, o que os torna um excelente exemplo de rugas dinâmicas”, diz a médica.

Linhas do sorriso – Elas podem ser chamadas de linhas de riso, mas você provavelmente não terá dobras nasolabiais pronunciadas – as dobras que se estendem do nariz aos cantos externos da boca – apenas pelo movimento muscular. Eles geralmente são causados por flacidez da pele e perda de gordura subcutânea com a idade.

Linhas da testa – As rugas da testa são as linhas horizontais que cruzam a testa, geralmente causadas por levantar as sobrancelhas repetidamente. “Algumas pessoas têm rugas na testa mais ou menos profundas do que outras devido a uma combinação de genética e opções de estilo de vida, como o uso do protetor solar”, afirma a médica.

*Como se livrar das rugas em casa?

Boas notícias: a aparência das rugas pode melhorar com o tempo. Mas não tente fazer isso sem a orientação de um médico. “Embora rugas mais graves normalmente não possam ser totalmente revertidas, sua aparência pode ser diminuída - isto é, se você usar produtos adequados”, explica a Dra. Roberta Padovan.

Retinóides – Eles são o que chamamos de ‘padrão ouro’ para redução de rugas em casa. “São derivados da vitamina A, então estimulam a renovação celular e aumentam a produção de colágeno, reduzindo assim o aparecimento de rugas”, diz a médica. Retinóides é o termo genérico para todos esses derivados, incluindo retinol, que você pode encontrar em produtos sem receita, e ácido retinóico, disponível sob prescrição. De qualquer forma, consultar um médico é vital nesse caso. “Além da capacidade de redução de rugas, os retinóides podem suavizar a pele, uniformizar a textura e atenuar manchas escuras. Mas com grande potência vem o risco de irritação. Para evitar vermelhidão e descamação (sinais de que a forma ativa do retinol, um composto chamado ácido retinóico, está trabalhando para produzir mais colágeno), existem estratégias como começar a usar um retinóide duas vezes por semana e, em seguida, um hidratante. Após algumas semanas, podemos aumentar o uso para três vezes por semana”, afirma a Dra. Roberta.

E como os retinóides podem torná-lo mais sensível aos raios ultravioleta, os especialistas recomendam usá-los apenas à noite, quando você não está exposto ao sol. E no dia seguinte, não esqueça do protetor solar.

Antioxidantes – Os antioxidantes (Vitamina C, Niacinamida, Ácido Ferúlico e Resveratrol) são verdadeiros defensores da nossa pele e atuam para neutralizar os radicais livres, que causam danos às células da pele e, portanto, causam rugas. “Além disso, eles também aumentam a produção de colágeno e muitos deles têm efeito clareador. Para obter o máximo de proteção, você pode aplicá-lo antes do protetor solar para potencializar a defesa da pele”, afirma a médica.

Protetor solar – Os raios ultravioleta são uma das maiores causas de rugas prematuras, então o filtro solar é o segredo final para manter uma pele jovem. “Proteger sua pele dos raios ultravioleta ajudará a prevenir a formação de novas rugas, bem como a retardar o agravamento das existentes em seu rosto. Use-o diariamente e respeitando a reaplicação do produto: a cada duas horas em exposição direta e a cada quatro horas em ambientes fechados”, diz.

Ácidos alfa hidroxiácidos – Os alfa-hidroxiácidos (AHAs), que incluem ácido glicólico, cítrico e láctico, aumentam a renovação celular e iniciam a produção de colágeno, o que reduz o aparecimento de rugas e linhas finas com o tempo. Os AHAs podem ser encontrados em concentrações mais baixas em limpadores de venda livre e em peelings caseiros, ou em concentrações mais altas na forma de peelings químicos administrados por um dermatologista. “O ácido glicólico tem as menores moléculas de todos os AHAs, por isso pode penetrar facilmente na pele. Mas, como é capaz de penetrar tão bem, há uma probabilidade maior de irritação e quem tem pele sensível pode optar por ácido lático ou cítrico mais suave. Lembrando que essa orientação sempre deve ser feita pelo médico”, afirma.

*Como se livrar das rugas com tratamentos em consultório?

Há muita curiosidade - e convenhamos, desinformação - sobre os melhores tratamentos em consultório para a redução de rugas. Esses métodos testados e aprovados estão entre os mais populares, mas consulte um médico para determinar o que é melhor para você:

Neurotoxinas – A toxina botulínica para temporariamente as contrações musculares responsáveis pelas rugas dinâmicas. “Ela relaxa os músculos sob a pele, evitando que a pele se dobre nessas linhas e rugas”, explica a médica. As neurotoxinas são usadas na testa, ao longo dos pés de galinha e nas linhas glabelares, embora também sejam usadas com segurança "off-label" para suavizar linhas em outras áreas do corpo, como o pescoço e ao redor da boca. Demora de três a sete dias para ver o efeito completo e dura até quatro meses na testa e cerca de três meses nos pés de galinha. É importante observar que existem alguns riscos no uso de neurotoxinas, portanto a escolha do médico é um passo importante. “Há uma chance de a toxina entrar no músculo que levanta e abaixa a pálpebra superior e fazer com que ela caia por várias semanas ou alguns meses. E geralmente há alguma dor ou inchaço no local da injeção por até um dia, e hematomas e dores de cabeça ocasionais”, explica.

Fillers (Preenchedores) – Um preenchimento é qualquer substância macia e semelhante a um gel que pode ser injetada na pele ou por baixo para ajudar a aumentá-la. “Preenchimentos são frequentemente usados para suavizar círculos profundos abaixo dos olhos, levantar maçãs do rosto, dar volume aos lábios e uniformizar as dobras nasolabiais. Os mais usados são os preenchimentos de ácido hialurônico, que apresentam resultados que duram até dois anos e são reversíveis. O preenchimento não dura para sempre. Ele irá se decompor naturalmente em seu corpo”, afirma a médica, acrescentando que a enzima que nosso corpo usa para quebrar o preenchedor também está disponível em uma forma injetável. Essa injeção de hialuronidase permite que os provedores dissolvam o preenchimento de ácido hialurônico se o paciente não ficar satisfeito com os resultados.

Lasers – Os lasers de resurfacing não ablativos são lasers que aquecem as camadas mais profundas da derme sem danificar a superfície da pele e melhoram vários sinais de envelhecimento de uma só vez, usando o calor direcionado para desencadear uma resposta de tratamento da pele enrugada. “Essa resposta estimula a produção de colágeno, o que ajuda a firmar a pele ao longo do tempo. Os lasers não apenas reduzem as linhas, mas também melhoram a aparência dos poros, manchas escuras, textura e tom geral da pele”, explica.

Radiofrequência microagulhada – Esta tecnologia, que no mercado pode ser encontrada com o nome de Eletroderme, une o microagulhamento robótico, que consiste em microperfurações da pele por meio de agulhas finas banhadas a ouro, com a já conhecida radiofrequência, que promove o aquecimento das camadas da pele. “A associação faz então com que o tratamento seja mais eficiente, pois as ondas eletromagnéticas da radiofrequência são emitidas pelas agulhas de ouro (que melhoram a liberação e uniformidade do calor emanado pela radiofrequência) apenas nas camadas mais profundas da pele, aquecendo a pele de dentro para fora e assim preservando sua superfície”, explica a Dra. Roberta.

Indicada para o tratamento de flacidez, rugas, cicatrizes (de acne, queimadura, cirúrgica), melasma, estrias e melhora da textura da pele (poros dilatados), o grande diferencial da tecnologia está no fato de ser possível estimular e remodelar o colágeno ao mesmo tempo, promovendo então a melhora da aparência da pele. “As agulhas causam pequenas fissuras na pele que, quando combinadas ao aquecimento de cerca de 70ºC causado pela radiofrequência, estimulam a produção das fibras de colágeno e elastina. Além disso, a técnica promove a reestruturação natural das camadas da pele, estimulando a produção de ácido hialurônico, e induz a criação de novos vasos sanguíneos e o aumento da vasodilatação local, o que contribui para maior oxigenação e, consequentemente, nutrição da região tratada”, destaca a médica.

O procedimento ainda pode ser potencializado através da realização de drug delivery, que consiste na aplicação de ativos nas camadas mais profundas da pele para os mais diversos fins.

Bioestimuladores injetáveis – Os bioestimuladores irão aumentar a produção natural de colágeno do corpo. Dessa forma, o colágeno é realmente produzido onde precisa. O Radiesse, por exemplo, é composto por microesferas de hidroxiapatita de cálcio. “Esse é um tratamento com efeitos de longa duração, chegando até 24 meses. Aplicado no subcutâneo, ele causa um processo inflamatório que irá provocar a produção de colágeno. Com o passar do tempo, ele também produz um efeito preenchedor”, afirma.

*Qual é o tratamento ideal para mim?

“Visitar um médico é o melhor meio de saber qual o procedimento responderá melhor ao que sua pele precisa. Através de uma criteriosa investigação, o médico poderá verificar o que é necessário para promover o efeito anti-idade", finaliza a especialista.

Último acesso: 16 Oct 2021 - 14:38:40 (1044048).