moda   / Estilo puro!

Influenciadora digital Keh Correia comenta os desfiles das principais marcas que pararam o Paris Fashion Week

A fashionista explica os principais pontos expressivos que as marcas apresentaram ao público; saiba mais

MANEQUIM Publicado quarta 17 março, 2021

A fashionista explica os principais pontos expressivos que as marcas apresentaram ao público; saiba mais
Influenciadora digital Keh Correia comenta os desfiles das principais marcas que pararam o Paris Fashion Week - DIVULGAÇÃO

Na última quarta-feira, 10 de março, terminou a programação outono/inverno do Paris Fashion Week, que este ano foi apostou num cronograma totalmente online, por conta da pandemia do coronavírus.

+ VEJA: Look bicolor é a nova tendência do momento que você vai se apaixonar

+ VEJA: Jeans jamais sai de moda! Top model lista 4 modelos que estão em alta e não podem faltar em um closet trendy

Uma pessoa que não perdeu um desfile foi a blogueira e influenciadora digital Keh Correia, que além de acompanhar todos os desfiles, trouxe um resumo das principais marcas do evento.

MIU MIU

Miu Miu aproveitou para mostrar sua paixão pelas montanhas. A Coleção traz consigo o conceito de moda internalizada externalizada, com a qual todos podemos nos relacionar, já que devido à pandemia estamos no mood “looks domésticos”.

As tendências da marca são os bustiês e corpetes acolchoados, vestidos de cetim de seda, com detalhes mais agressivos como alças pontiagudas, tecidos transparentes com sobreposições mais pesadas, como tricô.

LOUIS VUITTON

Nicolas Ghesquière, diretor artístico das coleções femininas da marca, transformou o museu do Louvre em uma passarela. Mesclando seus modelos ao cenário cheio de esculturas mitológicas, ao som da banda Daft Punk.

A Louis Vuitton desfilou uma moda extrovertida, e trouxe tendências como um grande mix de estampas, cheias de cores, bordados e brilho, vestidos com cortes retos, mistura de diferentes texturas com o couro, ombreiras balonê.

Influenciadora digital Keh Correia comenta os desfiles das principais marcas que pararam o Paris Fashion Week
DIVULGAÇÃO
Influenciadora digital Keh Correia comenta os desfiles das principais marcas que pararam o Paris Fashion Week
DIVULGAÇÃO

CHANEL

Após anos de espetáculos épicos da Chanel no glorioso Grand Palais, Virginie Viard, diretora criativa da marca, sentiu que era o momento certo para um realizar o desfile em um ambiente e diferente mostrar sua coleção divertida Coco Neige.
 
Viard brincou com o casamento do robusto tweed, com a fragilidade do chiffon em toda sua coleção. Ternos de malhas fluidas, suéteres ao estilo norueguês, peças acolchoadas, barriga à mostra, cores sóbrias, bodys em animal print com transparência, são algumas tendências da marca. 

BALMAIN

O desfile aconteceu em um hangar, no Aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, e ao redor de um Air France 777. O filme e a coleção de Rousteing, apostou fortemente na estética de viagens e aviação. 

Pudemos ver jaquetas de aviador de tosquia; sobretudos, macacões de voo; vestidos de paraquedas em seda com strafed de teia, peças metalizadas, douradas, prateadas com brilho, peças infernizadas em tons sóbrios, assimetrias e peças acolchoadas, a predominância da cor verde-militar, peças acinturadas carregadas em acessórios dourados, sem falar no estilo “navy”, que também foi visto em várias peças.

Influenciadora digital Keh Correia comenta os desfiles das principais marcas que pararam o Paris Fashion Week
DIVULGAÇÃO
Influenciadora digital Keh Correia comenta os desfiles das principais marcas que pararam o Paris Fashion Week
DIVULGAÇÃO

Último acesso: 20 Sep 2021 - 11:47:08 (1044017).