moda   / Estilo

Inspirada no visual de Frida Khalo, Madonna surge com vestido feito com tecido iorubá de marca nigeriana

A cantora usou suas redes sociais para compartilhar uma série de registros com o vestido da grife; confira

MANEQUIM Publicado segunda 19 outubro, 2020

A cantora usou suas redes sociais para compartilhar uma série de registros com o vestido da grife; confira
Inspirada no visual de Frida Khalo, Madonna surge com vestido feito com tecido iorubá de marca nigeriana - Instragram / @madonna

A cantora Madonna, de 62 anos de idade, sempre foi um ícone da moda americana.

Nesta última sexta-feira, 16 de outubro, a artista usou suas redes sociais para compartilhar alguns registros profissionais em que surgiu vestindo uma roupa excêntrica, inspirada nos figurinos da pintora surrealista mexicana Frida Kahlo.

+ VEJA: Tour pelo novo espaço! Ana Hickmann mostra detalhes da reforma do quarto do filho

Na legenda da publicação, a cantora escreveu, fazendo uma referência a uma das famosas frases da esposa do também pintor Diego Rivera: "Pés? Para que preciso de vocês quando tenho asas para voar?". Em seguida, ela continuou: "Canalizando minha eterna musa Frida Kahlo que me ajudou a sobreviver à minha jornada como artista".

A peça verde, preta e branca usada por Madonna, na verdade, tem suas raízes africanas. O vestido da marca Busayo, comandada pela nigeriana Busayo Olupona, é feita com tecido iorubá e está avaliado em 450 dólares, ou cerca de R$ 2.500, e conta com um decote fechado com a gola alta e drapeada, além de uma saia longa, porém, fluida.

“Comecei a marca por causa de nossa crença no poder da cor para comunicar o dinamismo, a personalidade e as nuances do indivíduo. Nossas roupas comunicam muito sobre quem somos. Cresci na Nigéria e queria continuar a explorar nossas tradições.", disse Busayo à mídia. A declaração foi compartilhada pelo portal Glamurama, do UOL.

+ VEJA: Rosa ou verde? Mistério sobre cor do tênis de Billie Eilish divide internautas

"Os tecidos são um meio muito rico para conectar o passado e o presente. Adire é uma técnica de tingimento têxtil tradicional iorubá que surgiu no sudoeste da Nigéria na virada do século XX. Somos fascinados por Adire. Na verdade, estamos obcecados. As técnicas que envolve tie-dye ou batik nos permitem brincar com a cor e a textura. Podemos criar tecidos únicos e radicalmente diferentes dos disponíveis comercialmente.", continuou.

Confira as imagens do modelito:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Madonna (@madonna) em

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Madonna (@madonna) em

Último acesso: 27 Sep 2021 - 22:26:19 (1043417).