moda   / #SPFWn51

SPFW: Igor Dadona abre segundo dia de desfile com coleção inspirada nos sentimentos trazidos pela pandemia

O Fashion Film da grife será transmitido nesta quinta-feira, 24, às 19h

Marina Pastorelli Publicado quinta 24 junho, 2021

O Fashion Film da grife será transmitido nesta quinta-feira, 24, às 19h
Grife de moda masculina, Igor Dadona estreia na SPFW nesta quinta-feira, às 19h - Foto: @gabdemoura

A SPFWn51 teve início nesta quarta-feira, 23, com uma abertura especial e única promovida por Ronaldo Fraga, e até o dia 27 de junho o evento promete trazer muita novidade para as passarelas. Como já aconteceu na última edição, esta continua inteiramente digital e as coleções são apresentadas por 'Fashion Films' e desfiles virtuais.

Quem abre o segundo dia de evento, às 19h, é a grife de moda masculina Igor Dadona, que promete trazer uma dose de emoção e sentimento ao apresentar a coleção Maritime

Em conversa exclusiva com a Manequim, Igor Dadona revelou que esta foi a coleção mais longa que ele já desenvolveu. O nome francês, que em português significa "marítimo" teve como inspiração o mar. E com um motivo: o mar, turbulento muitas vezes, e calmo em outras, representa muitos dos sentimentos que pessoas dos quatro cantos do mundo enfrentaram -- e continuam enfrentando -- durante a pandemia.

+++ #SPFWn51: Igor Dadona, Modem e Triya são algumas das marcas que desfilam hoje; Veja o line-up do 2º dia do evento

“Eu não sou muito apaixonado por praia, mas amo o mar em si, porque ele é uma das coisas mais lindas e misteriosas que existem. Amo a sensação de não saber o que está por trás de alguma coisa. Além disso, o mar é fonte de renovação de energia para muita gente… A coleção Maritime é muito sobre isso. Sobre o turbilhão de sentimentos que podemos ter em um dia, principalmente na pandemia”.

Autenticidade e sentimento são palavra que definem o trabalho que o fashion designer apresentará nesta quinta-feira, 24, no maior evento de moda do país. "Como eu estava dentro de casa, decidi fazer tudo com calma, sem calendário para lançar. Quando apareceu a oportunidade da SPFW, soube que, com certeza, mostraria a Maritime, porque ela representa tudo que vivemos nesse ano. Casou direitinho”.

BASTIDORES

Desmistificando o glamour que todos acreditam serem os bastidores da SPFW, Igor Dadona pontuou desde o início do bate-papo o quanto estava feliz pela oportunidade, mas o quanto foi difícil produzir tudo para o evento. Diferente de outras coleções que lançou, ou até mesmo de outras experiências que teve no mundo da moda -- como suas participações na Casa de Criadores desde 2013 até 2019 --, a SPFW 100% online trouxe desafios digitais, que não envolviam apenas sua criatividade como estilista.

Toda a coleção foi produzida à distância

“Foi muito diferente criar essa coleção. Fiquei um tempão sem lançar coisas novas e estou realmente em casa desde março de 2020 até agora. Saí duas vezes só para gravar o vídeo e fazer as fotos para a SPFW. Então, foi complicado fazer tudo de longe. As roupas foram feitas por vídeo. Eu mandava todos os tecidos e modelagens para a equipe e íamos discutindo por vídeo e foto sobres os ajustes. Nosso costume é colocar a mão na massa, ver de perto, tocar, analisar… Foi diferente ver tudo de longe e ainda ter que lidar com a logística de enviar a peça para a equipe, receber, analisar, enviar de novo, ajustar... Mas valeu a pena", contou o profissional.

Foram 10h de gravação

O curta metragem que será transmitido aos telespectadores do desfile terá cerca de 10 minutos, mas a gravação levou muito mais tempo que isso. Foram 10h dentro do estúdio.

“Cada luz que precisamos trocar, cada detalhe no cenário que modificamos ao longo da gravação, levou de 40 minutos a uma hora para ajustar, mesmo com a equipe grande. Ficamos 10h para gravar o filme que tem 10 minutos. Ficou incrível e foi uma experiência muito legal”, afirmou.

Surpresas no cenário

Nada é simples quando se trata da SPFW e Igor Dadona levou isso a sério em toda a produção do Fashion Film. A grife de moda masculina, que trará peças que carregam o DNA da marca -- com o encontro da alfaiataria e do streetwear, mix de padronagens e bordados minuciosos -- apresentará uma verdadeira obra de arte não só na coleção, mas em tudo.

“O cenário é assinado pelo Edgar de Camargo, um artista que tem um projeto chamado PROJETO PAPELÃO. Ele utiliza papelão em várias camadas, depois pinta por cima e faz obras de arte mesmo, que vão desde decoração até cenários, e quando você olha, não parece papelão. A gente queria que o filme tivesse uma cara de cinema francês, então o cenário traz uma pegada teatral”.

 

COMO ASSISTIR À APRESENTAÇÃO?

Todos o evento será transmitido pelos canais oficial da SPFW nas redes sociais.

 


Créditos completos da foto de capa:

Foto: @gabdemoura
Styling: @flaviapommianosky e @chapeusdaviramos
Beleza: @valesaig
Modelo: @_elialee_
Acessórios: @mkwcdesign para Igor Dadona

Último acesso: 27 Jul 2021 - 09:40:57 (1044624).