beleza   / Força Feminina

Intérprete de Nairóbi em 'La Casa de Papel' ignora montagens com seu nariz e revela orgulho de sua descendência cigana

Alba Flores reforçou orgulho de seus traços fortes herdados dos pais

Manequim Publicado quinta 9 abril, 2020

Alba Flores reforçou orgulho de seus traços fortes herdados dos pais
Alba Flores foi alvo de edições - Twitter

Em 2019, um aplicativo de celular passou a utilizar a imagem de Alba Flores para promover a funcionalidade do app que faz modificações na aparência de seus usuários. 

Um usuário editou uma foto da atriz espanhola e ela surgiu completamente irreconhecível, perdendo sua identidade, após ter seu nariz marcante substituído pelo nariz de outra mulher.

A imagem viralizou no Twitter e diversos internautas pensaram que a Alba havia feito uma rinoplastia, no entanto, ela sempre deixou claro que sente orgulho de seus traços herdados dos pais e não sente vontade de fazer grandes mudanças.

A atriz é filha de artistas espanhóis de descendência cigana, o que justifica suas características marcantes como, por exemplo, o nariz avantajado e revelou em entrevista à revista Vanity Fair, que já sofreu racismo por conta de suas origens.

"A Espanha é racista e machista porque essa é a educação que ainda recebemos", protestou. 

Não é a toa que ela tornou-se um símbolo do poder feminino após interpretar a forte personagem Nairobi, na série disponível no Netflix La Casa de Papel

Flores deu vida a uma das cenas mais marcantes da série, sucesso no Brasil, em que diz "Que comece o matriarcado".

"Sou uma feminista, mas não poderia nem sonhar com o que aconteceria depois daquela frase. Para mim foi um presente, pois me dei conta que aquilo fazia sentido para muitas mulheres no mundo", disse ela em entrevista ao UOL.
 

Último acesso: 26 Oct 2021 - 14:54:52 (1042510).