saude   / Varizes

O que fazer com varizes durante a gravidez? Médico vascular explica tudo sobre o tratamento

Dr. Gustavo Marcatto explica o que são, sintomas e tratamento utilizado para varizes na gestação

MANEQUIM Publicado terça 4 maio, 2021

Dr. Gustavo Marcatto explica o que são, sintomas e tratamento utilizado para varizes na gestação
Dr. Gustavo Marcatto explica o que são, sintomas e tratamento utilizado para varizes na gestação - Freepik

Uma reclamação muito comum nos consultórios médicos é o aumento das varizes, principalmente na região das pernas, durante a gestação.Varizes não são uma exclusividade de mulheres grávidas, mas 45% das brasileiras sofrem desse problema, segundo a Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular, em 2018.

A gravidez é o período no qual ocorre o maior aumento das varizes, isso é muito comum e tem explicação. Durante esse período o corpo da mulher passa por algumas modificações para receber e desenvolver o bebê. A primeira delas é uma sobrecarga de hormônios que favorecem a dilatação das veias, a segunda é o aumento do volume da circulação para poder nutrir o corpo da mãe e do bebê em desenvolvimento. Por fim, a terceira modificação é com o crescimento do útero que após o sexto mês começa a dificultar a circulação de retorno das pernas. Somadas, esses três motivos são os responsáveis pelo aumento das varizes e dos vasinhos durante a gravidez.

+VEJA: Saiba mais sobre o tratamento de varizes sem cirurgia, sem cortes e sem repouso usado por Andressa Suita

 Dr. Gustavo Marcatto, médico vascular e referência na área, explica que as varizes são veias dilatadas que já não são capazes de realizar adequadamente sua função de levar a circulação de volta ao coração. As varizes geralmente comprometem mais as pernas, que podem causar dor e, além de mexer com a autoestima. “A maioria dos casos de varizes é observada no sexo feminino e pode ser causada por histórico familiar, obesidade, tabagismo, sedentarismo, uso de pílulas anticoncepcionais e também gravidez”, diz. 

Os principais sintomas são: aparecimento de veias azuladas e muito visíveis; agrupamento de pequenos vasos avermelhados; sensação de peso nas pernas, sensação de pernas ardendo, câimbras, inchaço nas pernas, em especial ao final do dia. “Além de afetar a aparência, a doença causa inchaço, dor, cansaço e pode levar a feridas e até trombose”, explica Dr. Gustavo.

Não existe uma regra, mas com alguns comportamentos é possível ajudar a prevenir varizes. “É muito importante que durante a gravidez seja mantida uma alimentação saudável com boa hidratação, exercícios físicos regulares conforme as limitações obstétricas e o uso da meia elástica são muito importantes para prevenção nesse período. O importante é sempre consultar um médico”, complementa o médico.

+VEJA: Cirurgião vascular revela qual é a melhor época para tratar de varizes e vasinhos

Em relação ao tratamento de varizes durante a gestação, o Dr. Gustavo explica: “A gravidez é um momento muito especial para a mulher. Hoje existem técnicas que podem ser realizadas durante a gestação, porém apenas em casos excepcionais. O ideal é que o tratamento seja realizado antes e engravidar para melhorar a qualidade do pré-natal e evitar as complicações com inchaço e trombose”.

As varizes teoricamente, geralmente, não causam problemas para a saúde do bebê, porém, complicações decorrentes dela merecem atenção. Como, por exemplo, maior o risco de desenvolver trombose.

Sobre Dr. Gustavo Marcatto

O Dr. Gustavo é membro titular da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia (SBLMC). O vascular atende pacientes de todo o Brasil e de alguns outros países como, por exemplo, Paraguai, México, Colômbia, Venezuela, Estados Unidos, Portugal, Suíça, em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo.

Último acesso: 20 Sep 2021 - 11:43:03 (1044289).