beleza   / Você usa?

Águas da beleza: Qual a diferença entre água TERMAL e MICELAR?

A médica Karla Lessa explica as propriedades de cada produto e como eles agem na pele

Manequim Publicado quinta 15 julho, 2021

A médica Karla Lessa explica as propriedades de cada produto e como eles agem na pele
Águas da beleza: Qual a diferença entre água TERMAL e MICELAR? - Freepik / @lookstudio

O mercado de dermocosméticos lança novos produtos a todo momento – para alegria de quem é viciado em skincare!

No entanto, alguns possuem nomes bem parecidos, como água termal e água micelar, gerando dúvidas em muita gente na hora da compra.
 
A médica Karla Lessa explicou a diferença entre essas duas “águas da beleza”. Enquanto a termal é voltada para a hidratação da pele, a micelar é focada em fazer uma limpeza profunda do rosto.
 
“A água termal possui a função principal de hidratação e carrega alguns compostos com ação calmante. É extraída de rochas e é rica em minerais e pode ser usada em qualquer tipo de pele”,
afirmou. Algumas borrifadas ao dia já são suficientes para aproveitar os benefícios do produto na pele, no cabelo ou até mesmo no corpo. 

 +++ Twin set: a tendência dos anos 30 que voltou com tudo no outono de 2021

+++ Pijama e estilo combinam? Sim! Estilista cria coleção elegante e confortável de 'roupas para ficar em casa

 
“Ela também é ótima para fixar a maquiagem e ainda traz um efeito refrescante, assim como as chamadas brumas faciais - outro produtinho bem popular nos últimos meses”, citou. 

Já a água micelar é mais indicada para a limpeza da pele.
 
“A solução micelar serve principalmente para absorver impurezas e oleosidade devido à presença de alguns compostos, ajudando a tonificar o rosto. Em algumas opções, pode conter um pouco de água termal, ajudando também na hidratação”, indicou. Além dessas vantagens, também atua como demaquilante. “Lembrando que ela não retira a make à prova d'água, pois não é sua função.”
 
Outro item que entra no debate quando o assunto é skincare é o cleansing oil, que pode ser traduzido para “óleo de limpeza”. Presente na rotina de beleza das asiáticas há vários anos, tornou-se queridinho nos países ocidentais há pouco tempo.
 
“Ele deixa a pele mais macia e higienizada. Apresenta em sua composição óleos naturais que se juntam ao óleo produzido pelas nossas glândulas sebáceas. Ao massagearmos a face, a gordura boa presente no produto remove sujeiras na pele, efeitos da poluição diária e até resíduos de cosméticos”, acrescentou.
 
Segundo a profissional, é possível usar esses produtos na skincare sem medo. Mas é essencial se consultar com um dermatologista antes de começar a usá-los. 
 
Converse com o seu médico para poder integrar na sua rotina diária esses componentes, de acordo com a necessidade da sua pele. Assim, é possível saber a melhor maneira de utilizá-los e com que frequência cada um deve ser aplicado”, completou.

Último acesso: 28 Jul 2021 - 11:49:20 (1044753).