beleza   / Skincare

Efeito rebote é problema comum entre as pessoas com pele oleosa; saiba o que é e como evitá-lo

Limpar demais a pele pode se tornar um grande problema; entenda o porquê

MANEQUIM Publicado quinta 7 maio, 2020

Limpar demais a pele pode se tornar um grande problema; entenda o porquê
Efeito rebote é problema comum entre as pessoas com pele oleosa - Pinterest

Quem tem pele oleosa e acneica sabe o quão difícil é encontrar produtos que diminuam o 'brilho' e a produção excessiva de oleosidade. Mas você já pensou que limpar demais o rosto poderia acabar se tornando um grande problema?

O chamado efeito rebote consiste na remoção excessiva do 'óleo' da pele. Ao lavar demais o rosto ou utilizar produtos adstringentes demasiadamente, por exemplo, acabamos também mandando toda a hidratação e proteção natural da cutis embora! Ou seja, 'limpando' completamente a pele, estamos, na verdade, agredindo-a e indicando ao organismo que nosso rosto precisa de mais e mais sebo, redobrando a oleosidade da pele.

Devemos lembrar que as pessoas com pele oleosa são aquelas com mais tendência a sofrerem o efeito rebote. Mas essa é uma consequência que pode acontecer com qualquer um, dependendo dos cuidados com a pele.

O ideal é lavar o rosto no máximo 3 vezes por dia com sabonetes mais leves e fluidos, pois estes são menos propensos a tirar a camada protetora da pele. Outra dica essencial é, após a lavagem, hidratar a cutis. Opte por produtos 'seborreguladores', que podem ser vendidos em gel, sérum ou loção, e evite aqueles que têm na composição álcool e sulfatos.

Ter uma pele com viço é uma questão de saúde. Não se iluda com o resultado imediato do pós-lavagem. Uma vez dentro de casa, aproveite a quarentena para fazer o teste!

Último acesso: 22 Oct 2021 - 17:27:50 (1042645).