Testeira

Prender o cabelo de forma errada pode levar à queda dos fios; cuidado!

Luigi Moretto, na coluna desta semana, conta que queda capilar pode estar associada ao elástico de cabelo

LUIGI MORETTO Publicado quinta 4 novembro, 2021

Luigi Moretto, na coluna desta semana, conta que queda capilar pode estar associada ao elástico de cabelo
Prender o cabelo de forma errada pode levar à queda dos fios - Reprodução/ Instagram

Prende daqui, estica dali. Elásticos, presilhas, grampos, canetas...Vale de tudo quando aparece a necessidade de erguer as madeixas. Mas, será que o que você usa para tirar os fios da nuca e ficar mais bela não podem ser os grandes vilões responsáveis pela sua queda capilar?

É o que chamamos de alopecia de tração: uma das principais causas de queda de cabelo, principalmente nas mulheres - mas é uma das mais fáceis de prevenir. Isso acontece porque alguns tipos de penteados que esticam muito os fios para trás podem levar a uma lesão no folículo piloso e a uma queda dos fios na linha de implantação do cabelo. Essa perda de fios ocorre muito lentamente e, por isto, muitas vezes não é detectada precocemente, somente em estágio mais avançado. 

+++ Cabelos de primavera! Quais cuidados devo tomar com os fios na estação mais florida do ano?

Até o simples rabo de cabelo, coques ou traças muito justas, podem ser vilões, já que diminuem o fluxo sanguíneo na raiz capilar, o que pode retardar o crescimento do cabelo. No mais, prender o cabelo diariamente ou sempre do mesmo jeito gera uma maior queda, além de marcas que acabam sendo difíceis de serem revertidas. 

OS ERROS MAIS COMUNS

O problema não está no ato de prender, mas na frequência e duração desses fios amarrados, na força da amarração e no acessório escolhido para prendê-los. O peso e volume do cabelo também influenciam na intensidade dos danos, pois um penteado pesado gera uma tensão maior na raiz capilar.

+++ Assumiu o cabelo natural, de uma vez por todas? Saiba como cuidar dos fios para manter o volume belíssimo

Outro crime é amarrar os fios antes de dormir, pois, além da tensão em si, os atritos da cabeça com o travesseiro estimulam a quebra. E se as madeixas estiverem molhadas, o quadro se agrava ainda mais, já que a umidade deixa a fibra capilar sensível e mais suscetível à fratura. Se você realmente sente necessidade de passar a noite com as mechas presas, invista em tranças bem baixas e soltinhas, para amenizar os danos. 

COMO RESOLVER  

Retirar a tração e não utilize os penteados que esticam muito o cabelo, deixando-os soltos ou com penteados mais leves, sempre que possível.

Na hora de tirar qualquer um dos prendedores faça isso com cuidado e carinho. Puxá-los rápido e de uma só vez compromete todo o cuidado com o cabelo feito até então. Tire-os com delicadeza e atenção, para não criar nós e, assim, mais quebras.

+++ Mulher de fases: para cada etapa da vida, um novo cuidado com o cabelo

APOSTE NO CERTO

Elásticos sem metal são os ideais, já que dificilmente irão danificar os fios.

Intercale os penteados e formas de prender as madeixas. Assim, não irá prejudicar a mesma área do cabelo todos os dias.

Opte por fazer penteados mais frouxos e soltinhos.

Invista em máscaras capilares e dietas ricas em proteínas, para estimular a reconstrução e restruturação dos fios. Afinal, a lição dos cabelos hidratados é sempre a número 1 por aqui, não é mesmo?


Luigi Moretto, colunista da Manequim, é hair stylist especialista em colorimetria desde 2009 e escolheu essa profissão puramente por PAIXÃO.

Teremos novos conteúdos sobre tendências no mundo da beleza toda quinta-feira aqui na coluna do profissional!

"Costumo dizer que não fui eu quem escolheu ser um hair stylist, foi a profissão que me adotou pelo meu amor ao que faço. Enfermeiro de formação desde 2005, a minha paixão pelos cuidados com a saúde e com a beleza se misturaram com a minha vocação e me fizeram trocar os hospitais para tratar de saúde no meu salão, na Rua da Consolação, em SP, no ano de 2009.

De lá pra cá foram incontáveis cursos, especializações e workshops com profissionais nacionais e internacionais sempre mantendo o meu foco principal em colorimetria, cortes e criação de tendências. 

Quero usar de tudo o que já sei e o que ainda vou aprender para compartilhar com vocês semanalmente por aqui. Divida comigo as suas dúvidas, vamos falar sobre tendências, sobre auto cuidado, sobre auto estima e, sobretudo: vamos nos cuidar. Saúde e beleza, para todos nós!".

Último acesso: 26 Nov 2021 - 23:57:06 (1045621).