Dira Paes comenta sobre a violência contra a mulher ao relembrar personagem de 'Fina Estampa'

A atriz de 50 anos falou sobre a dificuldade de enfrentar um tema tão polêmico dentro da novela global

MANEQUIM Publicado quarta 13 maio, 2020

A atriz de 50 anos falou sobre a dificuldade de enfrentar um tema tão polêmico dentro da novela global
Dira Paes comenta sobre a violência contra a mulher ao relembrar personagem de 'Fina Estampa' - Instagram/TV Globo

Dira Paes está de volta à televisão no reprise da novela das nove transmitida pela TV Globo, Fina Estampa. A trama de 2011 voltou às telinhas após a emissora interromper as gravações de Amor de Mãe, de Manuela Dias, seguindo as orientações dos órgãos de saúde como medida para evitar a disseminação do novo coronavírus.

A volta de sua personagem, Celeste, implica um assunto importante, ainda considerado tabu entre muitos: a violência contra a mulher. O par 'romântico' da personagem na novela era Baltazar, explosivo e agressivo, interpretado pelo ator Alexandre Nero. Celeste passa a trama sendo atormentada pelos maus-tratos domésticos praticados pelo companheiro.

Para o portal de entretenimento do UOL, a atriz revelou em entrevista: "A presença de 'Fina Estampa' nesse momento da pandemia ressuscitou o tema da violência contra a mulher com muita atualidade. O que nos faz sentir, de certa maneira, que nós não avançamos muito nessa questão".

No Brasil, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos informou que a quarentena gerou um aumento de quase 9% no número de ligações para Ligue 180, canal que recebe denúncias de violência contra a mulher. Enquanto a média entre os dias 1° e 16 de março foi de 3.045 ligações e 829 denúncias, entre os dias 17 e 25 de março foram 3.303 ligações e 978 denúncias. Só na cidade de São Paulo, os registros de violência contra a mulher aumentaram 30%.

Dira ainda comentou sobre a relação de Celeste com a filha, Solange, interpretada pela atriz Carol Macedo. "Mesmo sendo violada fisicamente e moralmente, ela apoia a filha. Ela se arrisca pela filha. Ela vai atrás dos sonhos da filha. Ela reforça os desejos da filha, para que ela não repita o seu ciclo de frustração. Se realizar através de um filho é real e isso é muito maternal", disse.

"O mais difícil e desafiador para mim, foi como fazer uma mulher passiva, com uma imobilidade que a impedia de sair de um ciclo de violência [...]. Não foi fácil fazer, porque a gente sabe que era um assunto muito delicado e profundo, dentro de uma novela que tem muitos aspectos. Às vezes, você está no meio de um drama e faz uma cena mais cômica. Minha personagem está ali entre a comédia e a tragédia", comentou a atriz.

Dira Paes é casada com o diretor de fotografia Pablo Baião, e mãe de Inácio, de 12 anos, e de Martim, de 4.

Último acesso: 25 Jan 2022 - 14:12:11 (1042686).