colunas   / Covid-19

Morre aos 90 anos a atriz e radialista Daisy Lúcidi, vítima do coronavírus

A artista estava internada desde o dia 25 de abril em um hospital na cidade do Rio de Janeiro

MANEQUIM Publicado quinta 7 maio, 2020

A artista estava internada desde o dia 25 de abril em um hospital na cidade do Rio de Janeiro
Morre aos 90 anos a atriz e radialista Daisy Lúcidi, vítima do coronavírus - TV Globo

A atriz e radialista Daisy Lúcidi faleceu na madrugada desta quinta-feira, 7, vítima do coronavírus. A atriz de 90 anos estava internada desde o dia 25 de abril no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital São Lucas, em Copacabana, Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro.

A artista, que também foi vereadora e deputada estadual no Rio, era viúva e deixa três filhos, além de netos e bisnetos.

Daisy Lopes Lúcidi Mendes nasceu no Rio de Janeiro, no dia 10 de agosto de 1929. Talentosa e comunicativa, foi contratada em 1941 para integrar o elenco infantil da Rádio Tupi. Passou a fazer parte da equipe de atores das radionovelas no início de 1945, com a inauguração da Rádio Globo. Mas foi na Rádio Nacional que a artista comandou seu programa mais famoso, o ‘Alô Daisy’, por 46 anos.

Estreou na televisão na década de 1960, na minissérie Nuvem de Fogo, na TV Rio. Sua primeira novela na TV Globo foi O Homem Proibido, em 1967. Participou também Supermanoela, em 1974, Bravo, em 1975, e O Casarão, em 1976. Afastada das telinhas por longos anos, Daisy volto à televisão no ano de 2007, em Paraíso Tropical. Trabalhou em Passione, em 2010, Tapas & Beijos, em 2013, e em Geração Brasil, sua última novela, em 2014.

Último acesso: 22 Oct 2021 - 15:27:12 (1042643).