culinaria   / Família Real

Você sabia? Bolo de casamento de Kate e William foi servido no batizado do filho caçula

Sete anos depois de ser preparado, o bolo foi servido novamente durante o batizado do príncipe Louis

Manequim Publicado sexta 1 maio, 2020

Sete anos depois de ser preparado, o bolo foi servido novamente durante o batizado do príncipe Louis
Você teria coragem de comer um bolo preparado sete anos atrás? - Reprodução

Imagina ir a uma festa e descobrir que acabou de comer um pedaço de bolo feito há sete anos?

Isso aconteceu durante o batizado do príncipe Louis, em 2018, em Londres, na Inglaterra.

Pedaços do bolo de casamento do duque e da duquesa de Cambridge, príncipe William e Kate Midleton, foram servidos sete anos depois da cerimônia, que aconteceu em 2011, para os convidados do batizado de Louis, filho caçula do casal, em 2018. 

Mas, calma! O bolo não estava estragado, e isso foi feito propositalmente baseado em uma tradição originada da rainha Elisabeth II, que, de acordo com o jornal Today Show, guardou pedaços do seu bolo de casamento com Philip, para que fosse servido em outras ocasiões mesmo que se passassem anos. 

A hipótese que explica a possibilidade de servir bolos feitos há muitos anos é a utilização de frutas secas, que inclusive é uma receita tradicional usada em todos os casamentos da família real. Os fruitcakes conseguem ficar conservados por muito tempo e quando congelados duram anos, justamente por conta das frutas secas. 

Isso explica o motivo no qual Kate e William não tiveram receio de servir pedaços do seu bolo de casamento de 8 andares nos batizados dos três filhos: George, 6, Charlotte, 4 e Louis, de 2 anos.  

Último acesso: 27 Sep 2021 - 00:18:17 (1042616).