moda   / Moda Sustentável

Saiba mais sobre UPCYCLING, movimento fashion ecológico que reutiliza materiais que seriam descartados

É exigido cada vez mais uma postura pró-natureza da indústria da moda

Thayna Batista com supervisão de Marina Pastorelli Publicado quarta 16 junho, 2021

É exigido cada vez mais uma postura pró-natureza da indústria da moda
Upcycling é tendência fashion e ecológica - Reprodução / Pinterest

Os restos de tecidos inutilizados na indústria fashion são, sem dúvidas, um agravante quando o assunto é meio ambiente. Peças com erros de fabricação, que não foram vendidas ou ainda tecidos de coleções passadas acabam tendo o mesmo destino: o lixo. E muitas das vezes, esse descarte é feito de maneira inadequada, assim como as substâncias químicas usadas no processo de produção fashion, agredindo o meio ambiente. 
É aí que entra o upcycling na história: assim como o patchwork, é um movimento fashion que tenta reutilizar materiais “inúteis”, na tentativa de renovar o ciclo da peça. 

+++ TREND ALERT: Patchwork, a técnica que utiliza retalhos para fabricação de novas peças

Mas afinal… O QUE É UPCYCLING?
O upcycling é criar uma nova peça utilizando materiais que seriam descartados. Como em um ciclo, esse material - que já existe e seria provavelmente descartado de maneira inadequada, agredindo o meio ambiente - será reutilizado para a criação de uma nova peça. Um ponto interessante dessa técnica, é que normalmente é desejado manter as características do produto original: por exemplo, uma calça não vai virar uma jaqueta, mas sim uma calça diferente da que era antes.

+++ Volume e formas assimétricas: veja como apostar nas tendências do momento na hora de confeccionar uma peça

 

+++ Modelo e ativista, Gisele Bündchen lança projeto ambiental para incentivar as crianças a plantar

LUCRO PARA TODOS
Cada vez mais o público procura por marcas comprometidas com o futuro do mundo. Então com a técnica do upcycling, todos saem ganhando: as marcas - por estarem fazendo do “lixo” um material novo lucrativo -, os próprios consumidores - que conseguem "estar na moda", tendo comprometimento ecológico - e principalmente o meio ambiente, que será menos agredido com movimentos sustentáveis como este.

É MELHOR DO QUE RECICLAR
Outro ponto positivo do upcycling, é que ao contrário da reciclagem, esse processo não necessita de aditivos químicos - que podem, como falamos acima, acabar sendo descartado de maneira inadequada na natureza -, nem o uso de maquinários. Ou seja, não será necessário quase nenhum gasto - sequer com energia - naquela peça que será readequada ao mercado, com uma nova proposta e técnicas manuais. 

 

ISSO VALE PARA ACESSÓRIOS E JÓIAS
Algumas GRIFES também entraram na onda do upcycling. Um exemplo é a GRIFE Louis Vuitton que criou, em 2020, uma coleção de acessórios - como lenços, acessórios para cabelo e colares -, com tecidos de coleções anteriores. Mas esse é só um exemplo do upcycling em acessórios, pois podemos até mesmo utilizar essa técnica em jóias, com o reuso de ouro e prata.


 

Último acesso: 27 Jul 2021 - 08:42:03 (1044572).