SPFW 2020: Edição deste ano foi a mais inclusiva da história do desfile

O evento contou com 50% de cota racial para os participantes

MANEQUIM Publicado quarta 11 novembro, 2020

O evento contou com 50% de cota racial para os participantes
SPFW faz edição mais inclusiva da história - Instagram

Inclusão é a palavra! Para este ano, o SPFW (São Paulo Fashion Week) resolveu que estava na hora de deixar a balança equilibrada.

O evento divulgou uma nota oficial em seu perfil no Instagram o qual anunciava que estava com uma nova regra para as marcas participantes.

+ VEJA MAIS: Beleza de Zac Efron entra para os assuntos mais comentados do país; Entenda o que aconteceu

Os parceiros deveriam compor seus elencos com uma cota obrigatória de 50% de modelos “negros, afrodescendentes ou indígenas” em todas as apresentações.

O comunicado deixava claro que quem descumprisse essa regra seria penalizado e poderia ficar alguns anos de fora das passarelas do desfile.

+ VEJA MAIS: Maisa Silva faz desabafo sobre amor-próprio e aceitação do corpo: “Se amar não significa ser livre de inseguranças”

O resultado da ação foi o mais belo possível! O evento ficou repleto de novidades, rostos, autenticidade e muita diversidade.

E mais um bônus na hora de marcar presença importante. Com essa atitude, a edição de 2020 do SPFW se tornou a mais inclusiva de toda a história do desfile.  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por São Paulo Fashion Week (@spfw) a

Último acesso: 24 Oct 2021 - 09:56:45 (1043535).